página inicial / beautypedia / certificações / IBD – Ingredientes Naturais

CERTIFICAÇÃO

IBD – Ingredientes Naturais

EMPRESA EMISSORA:​ IBD Certificações
ORIGEM:​ Brasil
ATUAÇÃO:​ Global
EMPRESA EMISSORA:​ IBD Certificações
SOBRE A EMPRESA:

Maior certificadora da América Latina de produtos orgânicos e a única certificadora brasileira de produtos orgânicos com credenciamento IFOAM (mercado internacional), ISO/IEC 17065 (mercado europeu-regulamento CE 834/2007), Demeter (mercado internacional), USDA/NOP (mercado norte-americano) e aprovado para uso do selo SISORG (mercado brasileiro), o que torna seu certificado aceito globalmente.

Além dos protocolos de certificação orgânica e natural, o IBD oferece certificações de sustentabilidade: RSPO (Roundtable on Sustainable Palm Oil), UEBT (Union for Ethical BioTrade), Fair Trade IBD, UTZ (café, cacau), RFA (Rainforest Alliance), 4C (café), ISCC e FSA by SAI Platform.

TIPO DE CERTIFICAÇÃO:
SOBRE A CERTIFICAÇÃO:

Para receber a certificação de Natural, o produto precisa conter no mínimo 95% de ingredientes naturais – o resto da porcentagem deve ser orgânico. Ingredientes naturais são substâncias de origem vegetal, animal (exceto vertebrados), água e sais minerais e suas misturas. Além disso, deve preservar as qualidades originais dos ingredientes, evitando modificar seu estado natural; causar o menor impacto possível ao ambiente (produção, uso e descarte), ter qualidade e rotulagem clara para orientação dos consumidores; não possuir ingredientes testado em animais nem ser produto final testado em animais, não possuir ingredientes de origem animal quando a forma de obtenção estiver relacionada ao dano do animal, não ser prejudicial a humanos. Ou seja, um produto natural será sempre cruelty free, mas não necessariamente vegano. Os produtos ainda devem ser livres de ingredientes etoxilados, processos de sulfonação, fosfatação, alquilação, polimerização; corantes e fragrâncias sintéticas; PEGS; quaternários de amônio; silicones; conservantes sintéticos; derivados de petróleo. Em relação à embalagem, devem utilizar, preferencialmente, ingredientes biodegradáveis, matérias-primas recicláveis e de menor impacto ambiental. PVC e poliestireno são proibidos.

MARCAS QUE POSSUEM A CERTIFICAÇÃO:

Compartilhe

Entre em contato com o 13:20:HUB